Nem sempre é possível preparar diariamente a comida do bebê. Alguns truques simples vão permitir guardar o alimento, por vários dias sem perder o sabor e as vitaminas. Os alimentos cozidos para o bebê podem ser conservados na geladeira, por no máximo 48 horas.

Para mantê-lo em perfeitas condições é preciso que guarde os alimentos, recém-preparados e quentes, em recipientes hermeticamente fechados, para que não pegue o gosto de outros alimentos da geladeira. Mantenha os alimentos do bebê na parte mais fria da geladeira. Leve em conta todos esses aspectos para que a alimentação de seu filho mantenha a qualidade.

Elimine os ingredientes que não se conservam bem, algumas verduras e hortaliças mudam de sabor com o passar dos dias. Outras podem acumular substancias tóxicas para o bebê. Portanto, antes de triturar o purê do seu filho, deverá deixar de fora os vegetais de raiz, cenouras, nabos, batatas e as verduras, acelga, e espinafre. A abóbora e a abobrinha são vegetais que os bebês gostam e que aguentam bem tanto a conservação na geladeira como no freezer.

Congelar e Descongelar:

Se você não tem previsão de usar a papinha nas próximas 48 horas após o cozimento, a melhor opção é o congelamento. O congelamento provoca apenas algumas alterações nos alimentos, as vitaminas ficam quase intactas e o mesmo acontece com os minerais. É fundamental que o freezer esteja limpo e com poucos alimentos, assim congelará rapidamente e a perda de nutrientes será reduzida. Também conservará melhor os nutrientes e o sabor se for descongelado de maneira correta.

Descongele lentamente, aqueça o alimento até que comece a ferver e deixe que ferva por alguns minutos, se por alguma razão o alimento for contaminado, esta é a única maneira de destruir alguns vírus cujo crescimento é detido enquanto permanecem congelados.

Para facilitar o descongelamento, congele os purês em recipientes pequenos, que contenham uma única porção, e guarde o caldo que sobrar em formas de gelo. O caldo servirá para ser incorporado aos purês muito espessos. E lembre-se que uma vez descongelados terão que ser consumidos o quanto antes, jogue fora o que sobrar.

A papinha para viagem:

Se você vai comer fora e quer levar a comida do bebê, pode tirar o recipiente do freezer e guardar diretamente na bolsa, para descongelar no caminho. Lembre-se que antes de servir o seu filho, o alimento deverá se fervido por alguns minutos, mexa bem com uma colher, para que o calor seja distribuído de maneira uniforme.

A papinha de frutas:

A papinha de frutas do lanche, sempre deverá ser preparada um pouco antes de ser servida. No entanto, se você vai viajar, também é possível levar algo preparado de casa. Tenha sempre na geladeira compota de frutas ou a fruta inteira cozida, pera ou maçã, para ser triturada antes de sair.

Leve-a ainda fresca em um recipiente e misture suco de laranja no momento de servir. Se preferir congelar, também é possível, sem perder as vitaminas. Congele a fruta recém-triturada, acrescentando algumas gotas de limão para reduzir a perda de vitaminas e para que não escureça muito quando for descongelada. Descongelamento, que deve ser feito lentamente, no micro-ondas ou em banho-maria.