A quantidade e a cor do cabelo do seu bebê não serão definitivas até o seu primeiro ano de vida. A “mecha” com a qual ele nasce cairá em apenas algumas semanas para dar lugar ao seu cabelo definitivo.

“Alguns com tanto e outros com tão pouco”. Nenhuma frase define melhor as enormes diferenças que pode ter o cabelo de um bebê, enquanto alguns parecem cheios de cabelos pretos, outros apenas deixar ver algum fino cabelo. No entanto, você não deve tirar conclusões em nenhum dos dois casos, porque esse não será o seu cabelo definitivo.

Como Cuidar do Cabelo do Recém-nascido

O cabelo com o qual nascem alguns bebês é apenas uma fina pelúcia chamada lanugo, que alguns pequenos conservam do período de gestação. Este lanugo cobre o corpo do bebê enquanto ele permanece no útero e se desprende quase completamente do feto na semana 38. No entanto, no momento do nascimento, muitas crianças conservam esse “cabelo”, embora todas elas vão perdê-lo progressivamente em algumas semanas para dar lugar ao cabelo definitivo.

Se o Cabelo Cai…

O período que transcorre desde a queda do lanugo até a saída do verdadeiro cabelo costuma ser incerto para os pais. Inclusive, os bebês que nascem com muito cabelo vão perdendo progressivamente, mas não o farão de maneira uniforme. Você notará que na cabeça do seu filho irão se formando pequenas calvas, especialmente na área occipital, como resultado da fricção constante com o berço. Esta “alopecia” pode se estender progressivamente até que comece a crescer o seu cabelo definitivo, embora algumas crianças apenas percam cabelo nesse processo. A saída do cabelo também será irregular até o sétimo mês da criança.

Não preste atenção aos falsos mitos que recomendam raspar a cabeça para conseguir uma mecha espessa e forte no futuro. Além disso, é aconselhável não cortar o cabelo até que tenha crescido o definitivo, já que esta prática expõe o bebê a importantes perdas de calor corporal. Pelo contrário, naqueles bebês nos quais o nascimento do cabelo é mais precoce e intenso, é importante cortá-lo periodicamente a partir do terceiro mês, especialmente no verão, já que se deixar crescer muito, o bebê transpira mais e pode se resfriar com as mudanças de temperatura.

Com Cachos ou Liso?

Não apenas a quantidade de cabelo varia ao longo dos seus primeiros meses de vida, mas a forma e a cor também são “provisórias”. Embora o lanugo sempre cresça liso, os cachos ou ondas são muito comuns nos primeiros cabelos do pequeno. Nesse sentido, é muito frequente que seu cabelo mude e cresça liso ou vice-versa. O mesmo acontece com a cor, já que com frequência o primeiro cabelo dos bebês é loiro ou de cor clara, mas irá escurecendo – ou clareando em outros casos – à medida que passam os meses.

À medida que se produz a transição entre o lanugo e o cabelo definitivo, é possível que você observe pequenas escamas de cor branca ou amarelada fortemente aderidas ao couro cabeludo. É a chamada crosta láctea, muito comum nos recém-nascidos e está relacionada com um transtorno da pele denominado dermatite seborreica. Mas não se preocupe, não carece de importância e costuma desaparecer em algumas semanas sem a necessidade de um tratamento específico.