A música é uma linha direta com as emoções. Com a música adequada e com a sua ajuda para interpreta-la , você poderá relaxar, animar ou estimular o seu bebê. Ajuda a tranquilizar ou a animar. A música nos faz sentir bem porque nos contagia e eleva a pulsação. Os bebês tem uma musicalidade com a qual nascemos intacta e, portanto, se deixam levar pelo que ouvem com mais naturalidade que os adultos.

Será que toda música clássica é para relaxar? Claro que não, e menos ainda no caso dos bebês. Assim se sua intenção é acalmar o seu bebê quando ele estiver chorando ou ajuda-lo a pegar no sono, terá que escolher bem. Assim, para que uma peça musical tenha esse efeito tranquilizador em seu filho terá que ter um ritmo lento e instrumentos simplificados, se for composta para quinze instrumentos, deve ser adaptada a três, por exemplo.

Quanto mais simples for a melodia, mais vai aconchegar o bebê e terá mais chances de funcionar. Nesse sentido qualquer música funciona, até mesmo uma canção pop cantada por você. Quando for dar banho no bebê e ele estiver agitado, experimente cantar uma canção com pulsação rápida e vá abaixando o tempo até ela ficar lenta. É importante que você se conecte primeiro com a melodia, se a mãe não gostar de música clássica por exemplo, ou a música escolhida não for adequada para relaxar, será impossível transmitir algo agradável para o bebê.

O bebê e a Música:

Dizem que estes compositores são os mais adequados para relaxar o bebê, Mozart, Bach e Brahms, más você terá que considerar essa informação. Não são todas as obras dos autores que valem, inclusive, nem a obra completa do mesmo autor. É uma questão de escolher entre as obras, os movimentos concretos com os tempos lentos.

Algo mais que um relaxamento. A música pode ajudar a potencializar a atenção, a expressividade, e a atividade psicomotora. Mas não terá efeitos e benefícios por si mesmas, é necessário atuar através dela. Ela precisa ser um veículo. Assim quando colocar uma música, não a deixe tocar simplesmente. Faça uma massagem acompanhando o seu ritmo, mude o toque conforme a reação dele à melodia, e o incentive a se mover como você faz.