Mesmo se você achar que o seu bebê é muito pequeno para realizar atividades que estimulem a sua memória, o certo é que desde os seus primeiro meses de vida pode ajuda-lo a desenvolver as suas qualidades. Se quiser que o seu bebê desenvolva uma memória de elefante, terá que começar a potencializa-la a partir do berço.

Neste sentido, o melhor para oferecer é a música, diálogo e muitas palavras, mesmo que acredite que o bebê ainda não entenda. Jogos como estes vão ajudar a estimula-lo mesmo que ainda seja um bebê.

  • As carícias: É muito importante acariciar o bebê para que gradualmente, o seu cérebro vá reconhecendo os limites de seu próprio corpo. Também é positivo apertar levemente os seus braços e pernas, para que apreenda a sensação de pressão.
  • Os primeiros livros. A partir dos seis meses você já poderá sentar ao lado dele e mostrar os contos, as imagens e descrever as ilustrações que aparecem neles. Isso o ajudará a identificar e reconhecer os objetos.
  • Diante do espelho. A partir dos 8 meses ele começará a reconhecer a si mesmo. Você pode facilitar a tarefa, o colocando diante do espelho e explicando que o que vê é o seu reflexo.
  • Fotos familiares. O álbum com as imagens das pessoas mais próximas o ajudará a relacionar as imagens e nomes e posteriormente reconhecê-los. Mostre as fotos e também explique quem são elas, conte onde estão e o que faziam nesse momento, seus aniversários e feriados, para ir melhorando, a memória emocional.
  • Ocultar. A partir dos 12 meses, poderá brincar com ele de esconder e encontrar objetos, trocando aqueles que têm diferentes formas e cores, distintas texturas e tamanhos.
  • Encaixes e quebra-cabeças simples. O ajudaram entre os 12 e os 18 meses, a promover a sua memória visual, mais adiante, poderá oferecer quebra-cabeças ou construções cada vez mais difíceis.
  • Brinquedos de causa e efeito. Se apertar o botão com a imagem do leão, ouvirá um rugido e se ele apertar a imagem de uma lâmpada, a luz acenderá. Com este tipo de brinquedo dará os seus primeiros passos em relação a causa-efeito.
  • O telefone. Aproveite as chamadas de sua família e amigos para deixa-lo escutar o que acontece ao outro lado do telefone. Depois, explique de quem era a voz que falava para promover a sua memória auditiva.
  • Memória. Estes jogos são uma das melhores ferramentas para que o seu filho comece a gravar, de maneira simples, as imagens que tem diante dele e desenvolver assim a memória visual. Escolha primeiro os mais simples, como as imagens e fotos grandes. Depois, poderá aumentar a dificuldade.