O seu bebê chora desconsoladamente todas as tardes durante horas e sem motivo aparente? Provavelmente ele sofre com os incômodos das cólicas do primeiro trimestre. Aprenda a aliviar e a lidar com as cólicas. Elas começam a surgir por volta das duas semanas de vida e podem estender-se dos três aos quatro meses.

É desconfortável para o bebê e angustiante para os pais. Assim são as cólicas dos bebês, afetam de 10-30 por cento dos bebês, e um dos motivos das idas ao pediatra.

A solução para as cólicas dos bebês.

1. Uma vez que ele esteja em seus braços, coloque-o de barriga para baixo, apoiando a sua cabeça em seu antebraço, passando a sua mão sob os joelhos e evitando comprimir a sua barriga e balance-o suavemente, com movimentos rítmicos de balanço e cante canções de ninar. Também pode sentar e apoia-lo, de barriga para baixo, sobre os seus joelhos, enquanto você faz uma leve massagem em suas costas.

2. O balanço em uma cadeira de balanço com um ritmo marcado ou passeios em seu carrinho ou de carro vão tranquiliza-lo.

3. Tente leva-lo em um bebê conforto. O calor do seu corpo e seus movimentos podem operar milagres.

4. Um banho quente seguido de uma massagem na barriga pode ajudar. Faça em volta do umbigo, com movimentos circulares no sentido dos ponteiros do relógio, exercendo uma pressão moderada. Também pode juntar os seus joelhos e leva-los em direção ao ventre, mantenha assim por alguns segundos e solte em seguida, repetir a sequência várias vezes.

5. Tente a reflexologia. Estes são os movimentos que deve aplicar em seu pé. Segure o pé direito de seu filho com a mão esquerda e coloca o dedo polegar da outra mão no centro do calcanhar. Exercendo uma suave pressão, mova-o para cima, até chegar ao centro da planta do pé. Comece percorrendo a borda interna, continue no centro e finalize “caminhando” pela borda externa do calcanhar até a parte centra do pé. Repita a massagem no pé esquerdo. Serão suficientes cinco minutos de massagem, que pode ser repetida depois de um tempo e quantas vezes você quiser.

6. A terapia cranio-sacral, uma especialidade da osteopatia que soluciona muitos problemas nos bebês, também pode melhorar as suas cólicas em poucas sessões.

7. Verifique a sua alimentação, buscando maneiras de reduzir os seus gases. Se lhe oferecer a mamadeira, vigie para que o bico da mamadeira esteja sempre cheio de leite, para isso deverá colocar a mamadeira quase em posição vertical e procure fazer uma pausa quando estiver na metade, para ajuda-lo a arrotar. E se o seu bebê mama no peito, verifique se ela mama na posição correta, ou seja, que todo o mamilo e aréola estejam dentro de sua boca. Além disso, evite a ingestão de bebidas excitantes como o café e a coca-cola.

8. Somente o médico pode receitar medicamentos para aliviar seus gases ou algum produto homeopático nas doses receitadas.

9. Nunca perca a calma. Os bebês são muito receptivos e seus nervos irão alterar e piorar.

10. O tempo é o “remédio” que nunca falta para as cólicas dos bebês. Se não respondem a nenhuma destas estratégias, lembre-se que em torno dos quatro meses de vida, as lágrimas desaparecerão e as tardes-noite começam a ficarem mais relaxantes para todos.

Até lá então, convém ter muita paciência com o bebê, sempre e quando o pediatra tiver descartado a intolerância ao leite de vaca.