A pele do bebê é muito fina e vulnerável aos agentes agressivos, por isso que, o momento de limpá-la, requer alguns cuidados especiais. Não apenas se trata de escolher os produtos mais adequados para o bebê, hipoalergênicos e que respeitem o pH da sua pele, mas a limpeza deve ser feita de forma correta.

Na verdade, existem muitos erros associados com a higiene diária do bebê que podem ter consequências negativas não apenas para a pele, mas para a saúde do pequeno em geral. Erros que, por outro lado, são muito fáceis de remediar, se levarmos em conta algumas simples dicas:

Maiores erros na Higiene do Bebê:

Mime o Seu Cabelos: Um dos erros mais frequentes é não deixar tempo ao shampoo para que desenvolva sua ação de limpeza, aplicando-o no final do banho ou ducha. O produto deve ser colocado no início, e é preciso deixá-lo “descansar” sobre a cabeça do bebê durante 4-5 minutos. Portanto, lave a cabeça da criança no início do banho e passe para a lavagem do resto do corpo depois, fazendo com que o pequeno se divirta com a água e os brinquedos.

Proteja Sua Pele. A falta de higiene da pele (suor estagnado, pó que se acumula, etc.) é um dos principais fatores que provoca irritações mais ou menos acentuadas, que podem produzir coceira e, em consequência, fazer com que o pequeno se coce, com o risco de que apareça uma possível infecção na área. O ideal seria banhar a criança todos os dias, utilizando produtos específicos para bebês, hipoalergênicos e com um pH neutro, a fim de respeitar o delicado manto hidro lipídico que reveste a pele e que a protege das agressões externas.

Higiene Genital. No caso dos meninos, não se deve retirar o prepúcio, a pele que cobre a glande, já que protege o interior do pênis e evita que se produzam infecções. No que se refere a higiene das meninas, costumam ser produzidos dois frequentes: o primeiro é lavar a área anal e, depois, a vaginal; deste modo, as bactérias que habitam no intestino passam para a vagina, com o consequente risco de provocar infecções ou vermelhidão. O segundo erro consiste em vestir as meninas com calcinha ou calças muito apertadas, que podem irritar os genitais internos e externos.

Mãos e Unhas: Sempre Limpas. É preciso acostumar a criança a lavá-las com frequência, pelo menos, antes e depois das refeições, e quando voltar para casa depois de estar no parque ou de dar um passeio. Ensine-lhe como deve fazê-lo, utilizando sempre sabão e esfregando as mãos durante 30 segundos antes de secá-las. Por outro lado, muitas das infecções de pele são provocadas porque a criança tem as unhas longas e se arranha, causando lesões: é preciso analisá-las duas vezes por semana, e as dos pés, uma única vez.

Como Limpar Seu Narizinho: Para limpar seu narizinho, especialmente se está congestionado, é preciso deitar a criança de costas, virar sua cabecinha para um lado, mantendo-a bem segura, e aplicar um produto à base de água do mar ou soro fisiológico no orifício nasal superior. Em seguida, você deve repetir a operação no outro orifício, virando a cabeça do bebê para o outro lado. Transcorridos 10-20 segundos, se junte ao pequeno para que termine de expulsar as mucosidades. Para eliminar as mucosidades que ainda permanecem nas fossas nasais, você deve completar a operação completada utilizando um aspirador nasal.