É surpreendente o tempo que passam as mães inspecionando o cocô na fralda do seu bebê! Nós nos preocupamos se a cor e a consistência das suas fezes são normais ou não, e se está evacuando muitas vezes ao dia ou não o suficiente. Mas o que é normal para o seu bebé depende de:

  • Sua idade.
  • Se você o alimenta com leite materno ou com leite de fórmula.
  • Se já começou a comer alimentos sólidos.

As fezes do seu bebê mudam regularmente a medida que ele se desenvolve desde que é um recém-nascido até completar um ano. Também podem mudar de cor dependendo do dia! Não se preocupe, em breve você será capaz de julgar o que é normal para ele.

Quantas vezes por dia deveria fazer cocô o meu bebê?

Não existe uma frequência estabelecida sobre quantas vezes deve fazer cocô um bebê. Nos primeiros meses de vida, dependerá se você está dando o leite materno ou o de fórmula.

Os bebês amamentados que ainda não comem alimentos sólidos podem evacuar quatro vezes por dia ou mais, ou apenas uma vez a cada três dias.

Os bebês que tomam leite de fórmula normalmente necessitam defecar todos os dias para evitar ficar desconfortável e sofrer constipação.

Muitos bebês fazem um pouco de força quando defecam, mas isso não quer dizer que exista um problema. Enquanto as fezes são moles e fáceis eliminar, não há motivo para preocupação.

É normal que o cocô do meu recém-nascido seja preto?

Durante os primeiros dias após o nascimento, o bebê defeca mecônio. Esta é uma substância pegajosa, preta ou verde escura produzida no intestino do bebê durante a gravidez e é composta por bílis, mucosidades, células da parede intestinal, secreções e líquido amniótico.

Enquanto o mecônio pode ser difícil de limpar, sua aparência é um sinal de que o intestino do bebê está funcionando normalmente.

Como Será o Cocô do Meu Bebê se Estou Amamentando?

Seu colostro ou “primeiro leite” atua como um laxante, e ajuda a empurrar o mecônio para fora do organismo do seu bebê. Uma vez que suba o seu leite, depois de cerca de três dias, as fezes do seu bebé mudarão:

  • Sua cor passará de verde café para um amarelo intenso, ou mostarda. O cocô amarelo pode ter um odor suave.
  • Suas fezes serão macias, mas com textura, às vezes de aparência granulada, e outras, com grumos.

Nas primeiras semanas, é possível que o seu bebê faça cocô durante cada tomada de leite ou imediatamente depois. Pouco a pouco, o seu sistema digestivo e regulará e criará sua própria rotina. Talvez evacue em um horário semelhante todos os dias.

Alguns bebês amamentados com leite materno fazem cocô a cada poucos ou inclusive uma vez por semana. Enquanto as fezes estiverem moles e passarem sem dificuldade, isso não envolve problema.

A rotina do seu bebê pode mudar:

  • Quando você introduzir os alimentos sólidos.
  • Se o bebê se sente mal.
  • Quando as tomadas de leite materno são reduzidas.

Como será o cocô do meu se o alimento com fórmula?

Se você alimenta o seu bebê com leite de fórmula, notará que seu cocô é diferente:

  • São mais volumosos do que as fezes de um bebê amamentado, já que a fórmula não é digerida tão completamente como o leite materno.
  • São de cor amarelo pálido ou café amarelado.
  • O cheiro será bastante forte, mais parecido com o cheiro das fezes de adultos.

Os bebês alimentados com fórmula têm mais tendência a sofrer de constipação do que os bebês amamentados com leite maternal. Fale com o seu médico se você acha que seu bebê tem um problema.

Será que o cocô do meu bebê mudará se eu passar do leite materno para o leite de fórmula?

Se você está mudando de leite materno para o de fórmula, é importante fazê-lo lentamente, durante um período de várias semanas.

Isto dará tempo ao sistema digestivo do bebê para se adaptar e evitar a constipação. Também reduzirá o risco de dor, inflamação e mastite em seus seios.

Uma vez que o seu bebê tenha se adaptado à mamadeira, é possível que sua rotina de evacuação passe a ser completamente diferente.

Como ficará o cocô do meu bebê quando começar com os alimentos sólidos?

Quando você introduzir os alimentos sólidos na alimentação do seu bebê, suas fezes mudarão muito. Os alimentos consumidos influenciarão diretamente na aparência do seu cocô. Por exemplo, quando você lhe dá purê de cenouras, suas fezes serão de cor alaranjada intensa.

À medida que o bebê experimentar alimentos com maior textura, você notará os mais ricos em fibras, como as passas, serão eliminadas diretamente e aparecerão inteiras na fralda. Quando seu bebê cresce um pouco mais o seu aparelho digestivo se desenvolverá o suficiente para digerir a fibra com maior eficácia.

À medida que começa a comer uma variedade de alimentos, suas fezes se tornarão mais espessas, mais escuras e com muito mais odor!

Que Tipo de Fezes do Bebê Não É Normal?

Diarreia O seu bebê pode ter diarreia se apresenta os seguintes sintomas:

  • Fezes muito líquidas.
  • Defecar mais vezes ou com mais quantidade do que o normal.
  • As fezes saem de forma explosiva, como projéteis.

É menos provável que um bebê amamentado sofra diarreia, já que o leite materno ajuda a prevenir o crescimento das bactérias que a causam.

Os bebês alimentados com mamadeira são mais propensos a contrair infecções, por isso é essencial esterilizar as mamadeiras e bicos e lavar bem as mãos.

Se o seu bebê tem diarreia, a causa pode ser:

  • Uma infecção, como a gastroenterite.
  • Muitas frutas ou suco.
  • Uma reação a algum medicamento.
  • Sensibilidade ou alergia a algum alimento.

Se você está alimentando o seu bebê com leite de fórmula, poderia estar tendo uma reação à marca da fórmula que você usa, mas antes de mudar, fale com seu pediatra para verificar se existe alguma outra causa.

Se a dentição do seu bebê está saindo, poderia ter as fezes um pouco mais soltas, mas a dentição não causa diarreia. Não assuma que tem diarreia devido a dentição, já é mais provável que a causa seja uma infecção.

Em um bebê maior, a diarreia poderia ser um sintoma de constipação severa. Nesses casos, fezes novas deslizam em torno das fezes duras que bloqueiam o intestino.

A diarreia deveria melhorar sem tratamento dentro de 24 horas. Se não melhora, é recomendado que o médico verifique o seu bebê, já que corre o risco de se desidratar.

Constipação. Muitos bebês se tornam vermelhos e fazem força para eliminar as fezes. Isso é normal. A constipação, por outro lado, é quando:

  • É difícil para o seu bebê eliminar as fezes.
  • As fezes são bolas secas e pequenas, ou grandes e duras.
  • Seu bebê está irritado, e chora e se esforça muito quando defeca.
  • Sua barriga é sentida tensa quando você toca.
  • Suas fezes têm estrias de sangue. Isto pode ser devido a fissuras anais (pequenas feridas na pele do ânus) decorrentes da defecação de fezes duras.

Os bebês amamentados não tendem a sofrer tanto a constipação como os bebês alimentados com fórmula, já que o leite materno contém todos os nutrientes adequados para manter suas fezes moles.

Misturar o leite de fórmula com uma quantidade excessiva de pó pode causar constipação. Quando se prepara uma mamadeira, siga cuidadosamente as instruções. Certifique-se de colocar primeiro a água até o nível recomendado, e depois adicione o pó.

Outras causas de constipação podem ser:

  • Febre.
  • Desidratação.
  • Alterações na quantidade de líquido ingerido.
  • Mudanças na alimentação.
  • Alguns medicamentos.

Algumas vezes os bebês maiores se constipam porque estão tentando evitar a dor. Por exemplo, podem ter uma fissura anal. Isso pode se converter em um círculo vicioso. O seu bebê segura a vontade de defecar e se constipa ainda mais, e quando finalmente faz cocô, a dor é mais intensa.

Ligue para o seu pediatra ou leve o bebê para uma consulta se estiver constipado, especialmente se você notar sangue nas fezes, para que analise todas as causas possíveis.

Provavelmente será recomendado que você aumente a quantidade de ingestão de líquidos, assim como a quantidade de fibras na dieta, se seu bebê já está ingerindo alimentos sólidos. Uma maneira de fazer isso é dando-lhe ameixas ou damascos em purê.

Cocô Verde. Se as fezes do seu bebê são verdes e espumosas, é possível que esteja ingerindo muita lactose (o açúcar natural que se encontra no leite materno). Isso acontece quando se alimenta com frequência, mas não bebe o leite mais cremoso que é o que sai no final de cada tomada. Certifique-se de que o seu bebê esvazie por completo um peito, antes de dar o outro.

Se os sintomas persistem por mais de 24 horas, consulte o seu médico para tentar determinar a origem do problema. A causa pode ser:

  • A marca da fórmula que você usa. Algumas fazem com que o cocô seja verde escuro.
  • Uma alergia.
  • Efeitos colaterais de um medicamento.
  • Rotina de alimentação.
  • Um parasita intestinal.

Fezes Muito Pálidas. Pode ser um sintoma de icterícia. A icterícia é comum nos recém-nascidos e usualmente desaparece dentro de duas semanas após o nascimento. No entanto, se dura mais tempo, pode ser um problema.

Chame o médico para verificar o bebê, mesmo se não houver outros sintomas de icterícia.

Manchas de Sangue. Se o seu bebê está constipado, seu cocô pode ter estrias de sangue, já que a constipação pode causar fissuras anais, que sangram ao defecar. Mas consulte sempre o seu pediatra se estas aparecem, para descartar qualquer outra causa.