Olá amigos, no espaço de hoje vou falar sobre a relação das crianças com as verduras. É normal ver que muitas delas não gostam de verduras, e por quê? Existem muitos estudos sobre o tema. Lembre-se que normalmente os menores da casa tendem a preferir doces a salgados, são atraídos por eles. Más, é importante que, desde pequenos, você comece a introduzir em seu paladar diversos sabores, tais como os doces, os azedos e os amargos assim vão se acostumando a eles.

Por exemplo, se você deixar passar um tempo, como por exemplo, um ano, sem seu filho provar verduras como o espinafre, alho-poró, ou abobrinha, logo será mais difícil fazê-lo comer estas verduras. Pode ser que seu filho goste mais dos sabores doces, más temos de tentar acrescentar mais sabores ao seu paladar. Dessa maneira, buscar alternativas de alimentos saudáveis, que possa dar a seu filho sem problemas.

Entre os sabores doces e saudáveis encontrara as frutas como o morango, o melão, a pera, e também cenoura, batata e a abóbora, que também tem sabor adocicado. Entre os alimentos que tem um sabor mais azedo e amargo, encontrará as laranjas, tangerinas ou pão de centeio e iogurte.

BEBE-C~1

Lembre-se de que é um grande erro permitir que as crianças transformem a alimentação em um assunto emocional. Com problemas para comer, a criança desautoriza os seus pais. A comida não deve ser tratada como uma brincadeira, se bem é certo que temos que deixar que experimentem com suas mãos e paladar desde pequenos, embora se sujem com a comida, não signifique que seja uma brincadeira. Os especialistas recomendam algumas coisas tais como retirar o prato da mesa, se transcorridos providenciais 20 minutos, sem que a criança o tenha tocado.

Isto faz com que a criança se interesse pouco a pouco pela comida. Sem pressão, só a chame para comer se ela ignorar retire o prato passado 20 minutos. Por outro lado, também não se recomenda usar a comida como uma recompensa ou castigo.