Cálcio, magnésio e flúor:

Para construir um sistema de defesa eficaz, formar os seus ossos e manter o crescimento de todos os órgãos e tecidos, o seu filho precisa de pequenas, mas muito importantes quantidades de certos minerais.

São encontrados em muitos alimentos que comemos. No entanto, é necessária uma alimentação equilibrada para que muitos minerais se assimilem corretamente. Magnésio, cálcio e fósforo, por exemplo, trabalham “em equipe”, por isso, se um deles faltar ou for fornecido em excesso, os outros serão mal aproveitados.

Ossos Fortes:

O cálcio é o principal constituinte dos ossos. Desde o nascimento e durante os primeiros anos o esqueleto se calcifica muito depressa e o fornecimento deve ser suficiente. Embora seja um mineral relativamente fácil de ser obtido, pois é encontrado em maior ou menor quantidade em muitos dos alimentos que consumimos, também é pouco “bio disponível”, ou seja, difícil de aproveitar.

A biodisponibilidade depende em grande parte das substâncias que o acompanham. No leite materno, por exemplo, a absorção é favorecida pela adequada proporção cálcio/fósforo, e os bebês assimilam entre 55% e 60%. No entanto, a do leite de vaca, é aproveitada em 30%. Essa é uma boa razão para não subestimar outras fontes de cálcio, como os legumes e as verduras de folhas verdes. Estes alimentos contêm quantidades pequenas de mineral, mas agrupados com outros nutrientes “amigos”, como o magnésio e a vitamina C.

O magnésio é outro mineral constituinte dos ossos, e a vitamina C é essencial para a formação do colágeno, uma proteína que forma parte da matriz do osso e que representa de 35 a 40 % do mesmo.

O flúor, também desempenha um papel fundamental no desenvolvimento e manutenção dos dentes, tanto os de leite como os definitivos, intervêm na formação e na solidificação dos ossos. São encontrados em muitos alimentos, principalmente nos peixes.

Para fortalecer as suas defesas:

O zinco é outro é outro elemento chave no crescimento de seu filho. Participa da formação de seu sistema de defesas e o recebe antes mesmo do nascimento, através de sua placenta. Está presente, principalmente, na carne e nos ovos, no leite materno e nas fórmulas, que também contém a quantidade necessária. Além disso, as frutas, ricas em vitamina C, que fortalece as mucosas, a primeira via de entrada do organismo de vírus e bactérias, e são, portanto, o complemento perfeito para que o seu bebê cresça saudável.