lá amigos, no espaço de hoje eu trago algumas dicas para a hora de escolher um bom brinquedo para os nossos filhos. Este tema, ás vezes, supõe é um pequeno fardo para os pais. Qual será o melhor para o bebê? Como escolher? O que comprar?

Não é assim tão complicado, temos sim que tirar da cabeça que o brinquedo mais caro é o melhor. Porque não têm porque ser assim. Talvez o brinquedo não custe caro, más para a criança é tudo no mundo. Lembre-se que para escolher o melhor brinquedo, é essencial nos guiarmos pela idade e pelo espaço que temos disponível.

Verifique sempre que o brinquedo é adequado para a idade do seu filho. Além disso, verifique o tamanho do brinquedo se é adequado ao espaço que você têm em casa, más como acontece sempre vamos encontrar brinquedos enormes, más também os de tamanho médio. Este último é mais prático para nós os pais.

É bom que compre brinquedos para incentivar seus sentidos, a criatividade e a atividade do pequeno. Se procurar por brinquedos didáticos, as crianças vão se desenvolver muito melhor e antes do tempo. Você deve sempre verificar se o brinquedo foi fabricado de acordo com as normas, procure pelo selo de segurança. Uma vez escolhido e comprado o brinquedo, verifique tudo para remover o que for muito pequeno e que pode se soltar facilmente. Neste caso podem ser etiquetas, plásticos e adesivos pequenos.

Se você comprou um brinquedo de montar, tente participar montando junto com o seu filho. É importante já que ele pode colocar na boca e engolir alguma peça. Quando comprar brinquedos como patins, skate e bicicleta, certifique-se de que vão usa-los acompanhados do equipamento de segurança como joelheiras, cotoveleiras e o mais importante o capacete.

Que devem ser do tamanho e da idade da criança. Não é tão complicado, só é preciso de um pouco de atenção a idade da criança e a seus interesses. Se a criança for mais velha, certifique-se que o brinquedo cumpra com as normas e as regras de segurança, e que não contenham nada que seja perigoso e prejudicial para a criança.