Para que as crianças possam se adaptar bem à vida escolar, devem estar bem de saúde, sua estrutura pessoal e o ambiente em que vive. Se a criança tem problemas de aprendizagem, estes podem ser influenciados por algum desses problemas (saúde, estrutura pessoal, meio ambiente).

Como Identificar Problemas de Aprendizage

  • Problemas cognitivos, quando não conseguem raciocinar corretamente, de acordo com sua idade, seus pensamentos não podem fluir, têm problemas de atenção, concentração e memória.
  • Problemas afetivos e sociais, inconvenientes com sua atitude, falta de motivação, de vontade e não pode estabelecer relações com outras crianças.
  • Problemas ambientais, relacionados com o estado mental, lugar e tempo.
  • Problemas relacionados com fatores de amadurecimento – evolutivos, não conta com as possibilidades inatas de desenvolvimento.
  • Problemas relacionados com fatores emocionais: não pode realizar a operação de aprendizagem.

O mais grave dos problemas de aprendizagem é que muitas vezes, não são bem diagnosticados, consequentemente, o tratamento que é realizado não resulta eficaz nem soluciona o transtorno. Nesses casos, os pequenos sentirão que em parte fracassaram, como consequência, o problema piora. Por isso, é importante consultar um bom profissional e, se percebemos que, com o passar do tempo, não se observa pequenas melhoras, seria aconselhável pedir outra opinião.

Entre os sintomas mais comuns para diagnosticar problemas de aprendizagem, se encontra a dificuldade em uma ou mais dessas áreas: audição, leitura, fala, cálculo, raciocínio, problemas de atenção.

Mediante diferentes estudos, descobriu-se que as crianças com baixo peso ao nascer, incompatibilidade de sangue, anoxia ou qualquer tipo de problema físico podem chegar a alterar a capacidade das mesmas de aprender.

Felizmente, os problemas de aprendizagem podem ser captados em uma idade precoce, isso permite que mediante um correto tratamento seja possível solucionar em curto ou médio prazo.