O parto é um momento decisivo e que enche de ansiedade muitas mães, especialmente quando é a sua primeira gestação. É verdade que o trabalho físico do parto se compara ao trabalho físico realizado por um competidor olímpico e, assim como um atleta de alto desempenho, as futuras mães também dispõem de exercícios de treinamento que preparam seus músculos para esse momento crucial. Aqui estão quatro exercícios simples que ajudam a fortalecer e ajudam a melhorar a circulação das áreas estratégicas do seu corpo.

Exercícios de Preparação para o Parto

Kegels

Este exercício serve para fortalecer o assoalho pélvico (um grupo de músculos que sustenta a bexiga, ureteres, útero e reto). Ao melhorar a circulação desta área se favorece a recuperação de lesões que podem ocorrer durante o trabalho de parto, e também caso tenha sido necessário realizar uma episiotomia. Melhorar a circulação na área anal também evita o aparecimento de hemorroidas e previne sofrer de incontinência pós-parto.

  • Você pode praticar o exercício sentada, lendo, assistindo televisão ou de pé. Aperte os músculos ao redor da vagina, como se estivesse tentando parar o fluxo de urina no banho e conte até quatro, depois relaxe os músculos. Comece com cerca de quatro e suba até chegar a 10 com a prática.
  • Você pode praticá-lo cerca de três vezes por dia.

Gato Irritado

  • Coloque as mãos e os joelhos no chão, mantendo os braços retos. Não abra nem feche muito os braços e as pernas, devem estar de acordo com a largura dos ombros e dos quadris, respectivamente. À medida que inspira, aperte os músculos abdominais e baixe a posição das nádegas como se quisesse aproximá-las do estômago.
  • Relaxe e volte à posição normal enquanto solta o ar.
  • Repita no seu próprio ritmo, dependendo da sua respiração.

Cócoras

Esta é a posição natural do trabalho. Estes exercícios preparam todos os músculos envolvidos no parto, os que se encontram na área pélvica.

  • Fique de cócoras de frente para as costas de uma cadeira. Os pés devem estar ligeiramente mais abertos do que a largura do quadril e os polegares virados para fora (formando um “V”). Ajude-se com a cadeira para manter o equilíbrio.
  • Contraia os músculos do abdômen, levante o busto e relaxe os ombros. Aproxime o cóccix do chão, como se estivesse sentando relaxada em uma cadeira. Balance o seu corpo de modo que o peso descanse sobre os calcanhares.
  • Respire e, em seguida, expire enquanto se levanta, concentrando-se em fazer movimentos com as coxas.

Posição do Sapateiro

Este exercício ajuda a relaxar as articulações do quadril e aliviar a pressão ou dor na parte inferior das costas. Recebe o seu nome a partir da posição em que os sapateiros hindus são retratados.

  • Sente-se no chão ou sobre uma toalha dobrada com as costas retas apoiadas em uma parede e as plantas dos pés se tocando uma a outra.
  • Delicadamente, pressione os joelhos para baixo, tentando tocar o chão, mas sem forçá-los.
  • Mantenha-se nesta posição pelo tempo em que se sentir confortável.
  • Lembre-se, como em todo exercício, você deve começar de menos para mais. Você verá como pouco a pouco se tornam mais fáceis.