Ao nascer, o seu bebê vê, mas de forma imperfeita. Descubra como ele irá aperfeiçoando o mais perfeito de nossos sentidos. Apesar de dentro do útero ele já podia abrir os olhos e perceber os focos de luz do exterior, a visão é o de todos os sentidos o menos desenvolvido no nascimento. A capacidade visual de um recém-nascido é cerca de 60 vezes abaixo do nível normal e não será até os 6 meses quando a sua visão se pareça no mais essencial a dos adultos.

Ainda assim, desde o primeiro dia já pode diferenciar cores muito contratantes entre si e sente predileção pela luz e também pelos adultos, especialmente se estes se situam a uma distancia de uns 30 centímetros, a distancia que pode ver com maior nitidez.

Com somente três semanas será capaz de reconhecer o rosto de sua mãe. Também gostará de observar as coisas novas e cenas desconhecidas, embora ainda seja difícil de seguir os objetos em movimento. A “visão binocular”, percepção das três dimensões que se obtém enfocando os dois olhos ao mesmo tempo, não a alcançará até o quarto mês de vida e até lá então não será fácil calcular as distâncias. A partir deste momento, gradualmente irá aumentar o seu campo de visão, distinguindo um maior número de cores e vendo com maior nitidez.

Como estimular a sua visão:

A visão é o sentido que precisa de maior estímulo ao longo do primeiro ano de vida. Com estes simples jogos você favorecerá o seu amadurecimento.

As primeiras cores que o bebê pode distinguir claramente são o preto e o branco. Pinte desenhos geométricos nestas cores em várias cartolinas e mostre ao bebê a uns 25-30 centímetros de seu rosto.

Quando você notar que ele perdeu o interesse mude de cartolina. Mude de posição, várias vezes para que possa ver as coisas de diversos pontos de vista. Coloque um móbile sobre o seu berço e substitua os objetos pendurados com frequência. A partir dos 4 meses, escolha um espelho grande e o pendure em uma parede na vertical. Pegue o bebê em seus braços com o corpo de frente para o espelho, mostre a ele a sua imagem a uns 30 centímetros e quando ele se fixar nela, comece a se afastar muito devagar e comprove como, a uma distancia, o seu filho perde o interesse pela imagem. Então comece a se aproximar de novo até chegar a uns 10 centímetros, ele voltará a se interessar pela figura e começará a mover as mãos e os pés.

Mostre a ele um brinquedo ou um objeto de cores brilhantes a uns 50 centímetros de seu rosto, para que possa fixar a vista nele. A seguir, o mova para os lados, aproxime de seu rosto e afaste. A estimulação com este tipo de exercícios é muito importante para o desenvolvimento correto da visão. Escolha uma pequena lanterna com uma luz suave, que não o fascine. Acenda e apague a uma distancia de uns 30 centímetros de seu rosto e mova lentamente para os lados para que ele a siga com os olhos. Ofereça brinquedos coloridos de espuma, os materiais flexíveis permitem observar como os objetos mudam quando ele toca.