Os bebês são especialmente sensíveis às mudanças de temperatura. Neste verão, tome as medidas necessárias para que o calor não afete a sua saúde. O sistema termorregular dos recém-nascidos ainda não é desenvolvido, o que os torna vulneráveis ao frio e ao calor. Mas, em dois ou três dias terá amadurecido.

Nas primeiras horas de vida:

Ao nascer, o bebê não produz calor e tem muita facilidade de perdê-lo. Um recém-nascido não tem a capacidade de contrair os músculos, de tremer e também não tem um metabolismo ativo que provoque essas reações químicas. Além disso, a sua superfície corporal exposta ao ambiente é elevada. Por isso, tende a se encolher para não expor ao ar a parte central de seu corpo. Outro mecanismo para prevenir a perda de calor é a vasoconstrição, que significa enviar menos sangue para a pele. Mas este mecanismo também não está maduro nos recém-nascidos, por isso dependem dos cuidados e atenções dos adultos. O seu filho necessita de mais calor que um bebê maior, principalmente se for prematuro. Basta colocar nele uma camada de roupa a mais do que se coloca em um adulto.

Algumas medidas simples ajudaram a evitar o superaquecimento:

  • Mantenha uma temperatura ambiente em casa entre 21 e 23 C e saia para passear com ele nas horas mais frescas do dia e evite as do meio do dia.
  • Se o bebê mama no peito exclusivamente, de sempre o peito. Também pode dar um pouco de água. O suor ajuda a regular a temperatura, e o lactante transpira mais se o seu organismo tem disponibilidade de água.
  • Não se esqueça de que no verão também poderá refresca-lo. Evite os banhos demorados no mar e na piscina.

Fique atenta:

O recém-nascido deve ter uma temperatura entre 35, 5 e 37 C. Se exceder esse número, e ele também têm tremor, irritabilidade, letargia ou sonolência, e o rosto mais vermelho do que o normal, o seu filho tem um excesso de calor. Tire algumas peças de roupa e leve-o a um lugar fresco. Se mesmo assim, ele continua sem reação e com uma temperatura alta, consulte um médico. Ele vai avaliar se é um pico febril devido a algum processo viral ou bacteriano, ou a uma insolação.