A tosse não é prejudicial, e sim o oposto. Serve para manter desobstruídas as vias respiratórias, mas é irritante. O que fazer? Primeiro é identificar a causa e combate-la. O mais comum é que a tosse seja produzida por uma infecção das vias respiratórias que não precisa de nenhum tratamento com medicamentos específicos. No entanto, às vezes, é muito chata e provoca vômitos ou não deixa a criança dormir. Neste caso, se é seca, o pediatra pode recomendar um antitussígeno, mas convém que seja o especialista que determine a causa da tosse e indique o tratamento adequado.

Remédios caseiros para aliviar a tosse do seu filho:

Existem truques caseiros que são eficazes para aliviar a tosse que incomoda o seu filho. Faça-o beber muita água. Ajudará a tornar as secreções mais fluidas e facilitará a sua eliminação.
É frequente a tosse piorar durante a noite. Você pode colocar mais um travesseiro para o seu filho, se ele tiver mais de um ano de idade.

Coloque próximo a sua cama uma cebola cortada. Os vapores que ela solta, também ajudam o muco a ficar mais fluido.

Se ele tosse muito, ofereça uma colher de mel. Suaviza a garganta e alivia a tosse. A partir dos cinco anos, você pode dar melzinho.

Mantenha o ambiente úmido. Você pode usar um umidificador de ar ou colocar um recipiente com água.
Mantenha o local arejado e limpo da poeira. Ninguém deve fumar na sua presença.

Por que ocorre a tosse?

A tosse é um reflexo que é acionado quando o corpo estranho penetra no trato respiratório e provoca uma irritação. A sua finalidade é a de liberar as vias aéreas de todo elemento externo que possa prejudicar uma respiração adequada. Normalmente se deve a um catarro ou infecção respiratória produzida por vírus ou bactérias, que provoca um excesso de mucosidade no interior dos pulmões.

Mas também é possível que a tosse se apresente como sintoma de uma crise asmática (aparece principalmente depois de algum tipo de exercício físico), ou de um processo alérgico (acompanhada de espirros, olhos lacrimejantes e coriza). A tosse também é provocada pela instalação de alguma partícula irritante, como a poeira, fumaça ou ao ambiente excessivamente seco.

Tipos de tosse:

A tosse seca é improdutiva, sem expectoração, pode surgir no final de um resfriado ou depois de se respirar algo que irrite os pulmões, como a poeira ou o cigarro.

A tosse produtiva, com catarro, se produz para expulsar o excesso de muco dos pulmões. A causa mais comum é a bronquite, bronquiolite ou a bronquiectasia (dilatação dos brônquios). Não é recomendado tratar com antitussígenos a tosse produtiva, já que estes medicamentos simplesmente a evitam, impedindo a expulsão da mucosidade onde se desenvolvem os germes.

Tosse com assobio: Isso ocorre especialmente quando a criança sofre de asma.

Tosse rouca: se origina como consequência de uma laringite.

Procure um médico se:

A tosse ocorre em uma criança menor de três meses. A expectoração apresenta uma cor esverdeada ou com sangue. Falta de ar ou dificuldade respiratória. A tosse está acompanhada de outros sintomas como febre, inchaço abdominal e vômitos repetidos. Se observar uma rápida perda de peso. A tosse se prolongar por mais de 10 dias.