A máxima de “o importante não é ganhar, mas participar” é difícil de ecoar na mente das crianças. E diante da derrota, a raiva muitas vezes faz parte da última jogada. Ajude-o a controlar a sua frustração. Se o seu filho perde dois jogos seguidos, não se surpreenda, porque é comum as crianças reagirem com uma birra, quando algo sai errado.

Durante os primeiros anos, o seu egocentrismo torna incompreensível o ato de falar, por isso, choram ou ficam com raiva quando os acontecimentos não ocorrem como eles haviam previsto. As dificuldades o ensinam a lidar com as decepções, com os erros e finalmente a amadurecer como pessoa. E entre esses contratempos está perder o jogo. Ver como o seu dado não cai no número que precisa o ajudará a compreender que a vida tem muitas alternativas possíveis e que nem sempre ocorre o que se espera.

As regras do jogo:

Quando ele era pequeno deixavam que ele pensasse que era o mais forte, o mais rápido ou o mais inteligente vai ser a hora de mudar. O seu filho deve aprender a ser um “bom perdedor” já que, caso contrário, a sua relação com as outras crianças se tornará muito difícil. O seu exemplo é importante.

Quando jogar com ele e perder, mostre a ele que de qualquer maneira está feliz pelo tempo divertido que passaram juntos. De vantagem a ele. Não se trata de deixá-lo ganhar, nem dele sempre perder. O melhor é adaptar os jogos para que exista uma igualdade de condições, dando a ele uma pequena vantagem, o contrário não seria justo, você tem mais capacidade que ele. Por exemplo, se pratica basquete, a cesta dele tem que estar mais baixa do que a sua, e se jogar jogos intelectuais, deve haver níveis adaptados para cada um. Uma forma simples de igualar as possibilidades de ganhar é jogar jogos de azar como, bingo e alguns jogos de carta, onde a sorte é a única que determina quem ganha e quem perde.

Termine com uma lição educativa. Quando terminar o jogo, se ele ganhar parabenize-o, mas se você ganhar peça a ele para te felicitar. Não deixe que haja fraude. E se o seu filho trapacear para tentar ganhar, pare o jogo e diga claramente que assim não está disposto a continuar. Nos jogos todo mundo quer ganhar e isso é impossível. Explique que aceitar com diplomacia tanto as vitórias quanto as derrotas o ajudará a perder melhor e ter bons amigos.