Pesquisas realizadas pela Universidade de Harvard apontam que uma dieta adequada aumenta a possibilidade de ficar grávida. Estas são as características dessa dieta. Em um estudo realizado com mais de 17.000 mulheres que queriam engravidar, pesquisadores da Universidade de Harvard, EUA, descobriram que as que seguiam uma determinada dieta e estilo de vida teriam menos possibilidade de sofrer de problemas de infertilidade. De fato, a incidência de transtornos dos ovários, uns dos problemas mais comuns de infertilidade era cerca de 70% inferior para elas.

Identificaram uma série de características da dieta dessas mulheres:

  • Consumo preferencial de gorduras monoinsaturadas: azeite de oliva, frutas secas e sementes.
  • Pouca gordura transgênica: Baixo consumo de alimentos industrializados como doces, batatas fritas e biscoitos.
  • Mais proteínas vegetais que animais: Estas mulheres comiam mais lentilhas, feijão, grão de bico e evitavam grandes quantidades de carne.
  • Muito carboidrato de absorção lenta: cereais integrais e pouco de absorção rápida, doces e pão branco.
  • Quantidades moderadas de lácteos integrais e no lugar do leite os iogurtes semidesnatados.
  • Consumo de muitas vitaminas e ferro. Comiam muitas frutas e verduras, mas também suplementos.
  • Pouco consumo de álcool e café.

Além disso, essas mulheres tinham um controle adequado de peso e praticavam atividades físicas com alguma regularidade.