Da sonolência das primeiras semanas a insônia dos últimos meses. A gravidez muda inevitavelmente o seu ritmo de sono. Entender o porquê vai ajudar a lidar com a insônia e a descansar melhor.

Dicas para dormir:

Para tentar que todos estes “contratempos” não a deixem de vigília, coloque em prática as seguintes recomendações:

  • Siga um horário mais ou menos fixo. Deite e se levante todos os dias à uma hora determinada, para mudar a rotina e ajudar o seu corpo a organizar o seu relógio biológico.
  • Não estenda muito o horário do cochilo. Se depois de comer você sentir muito sono, relaxe um tempo, mas nunca mais do que meia hora.
  • Esqueça as bebidas excitantes. A cola, o café, o chá e também o chocolate, especialmente a partir das 6 da tarde, elas podem causar insônia.
  • Jante uma refeição leve e há uma hora mais cedo. Procure fazer a digestão sentada. Evite as frituras e gorduras, que favorecem o refluxo gastro-esofágico, a passagem do alimento do estômago para o esôfago, um transtorno típico da segunda metada da gravidez. Melhor escolher os alimentos “relaxantes” que induzem o sono, como os que contêm carboidratos, massa, arroz e alface, e sempre tome um copo de leite quente com açúcar antes de dormir.
  • Fique confortável. Utilize vários travesseiros na frente da cama, para ficar com o tronco mais elevado, evitando o refluxo. E se o seu problema é a dificuldade respiratória e pernas cansadas, coloque uns livros entre o colchão e a cama.
  • Evite se levantar para ir ao banheiro. Beba muita água durante o dia, mas reduza a sua ingestão quando cair a tarde. Assim vai eliminar mais de uma visita ao banheiro. Se apesar disso, você tiver que levantar, não acenda todas as luzes da casa. Use somente a da mesinha de cabeceira para não “despertar” totalmente.
  • Diminua os desconfortos lombares. Deite de lado com as pernas semiflexionadas, e coloque um travesseiro entre as pernas.
  • Pratique exercícios físicos durante o dia. Não deixe para a tarde ou a noite, já que vai demorar a sair do estado de excitação provocado em seu corpo.
  • – “Desconecte-se” antecipadamente. Não fique ocupada até o último minuto antes de ir dormir. Tente relaxar previamente para conciliar o sono.

  • Não se angustie se não conseguir dormir rápido. Pegue um bom livro, ligue o rádio, mas não se desespere dando voltas na cama.
  • Somente relaxantes caseiros. Ganhar a batalha contra a insônia pode ser complicado. Mas você não deve procurar a solução em fármacos. Os soníferos ou qualquer outro tipo de medicamento para induzir o sono não são recomendados na gravidez, e você não deve consumi-los a não ser com prescrição médica.

    Portanto, terá que recorrer a remédios naturais. Prepare um chá de valeriana e tome na cama, antes de dormir, procure deixar o quarto silencioso e iluminado por uma luz fraca. E depois, você pode praticar uma série de respirações profundas. Para isso, coloque uma mão sobre a barriga e inspire o ar lentamente, imaginando que os seus pulmões são dois balões que você precisa encher. A sua mão e a parte do diafragma devem se elevar a medida que os pulmões se enchem, ou seja, nunca contraia o diafragma ao inspirar porque você teria o efeito contrário. Repita as operações várias vezes.