É bom para você e para o seu bebê. Todos os efeitos negativos de fumar durante a gravidez que têm sobre o seu bebê são razões mais que suficientes para que você parar de fumar. Com estes métodos será mais fácil. Escolha o método para deixar de fumar que melhor se adapte as suas necessidades.

Medicamentos. Os fármacos que são administrados para abandonar o tabaco pertencem à família dos antidepressivos e produzem no cérebro efeitos similares aos da nicotina. O tratamento, que sempre deve ser prescrito por um médico, deve ser usado fora da gravidez e da amamentação, já que os efeitos sobre o bebê são desconhecidos.

Goma de mascar. Pode ser comprada em qualquer farmácia sem receita médica, mas é conveniente se consultar com um especialista. O seu funcionamento é baseado em substituir a nicotina dos cigarros por doses menores contidas em chicletes para dessa forma, fumar menos. Devem ser usados somente quando você tiver ansiedade para assim diminuir as doses gradualmente.

Homeopatia. Estes medicamentos podem ser usados em qualquer fase da vida. Se você escolher a homeopatia, deixará de fumar no primeiro dia e tomará medicamentos que controlam a ansiedade. Passados entre sete e dez dias, a irritabilidade já vai ter passado, sendo uma independência de índole psicológica. Pense em seu bebê para controla-la.

Acupuntura. Busca o relaxamento, ao diminuir a síndrome de abstinência e eliminar o quanto antes as toxinas acumuladas pelo consumo do tabaco. Pode ser usada durante a gravidez, embora não seja aplicada em alguns pontos. A duração do tratamento varia de paciente para paciente, mas o mais frequente é realizar três sessões por semana.